Arquivo da categoria: MotoGP

Nas livrarias


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Foi lançado esta semana o Museo Ducati Book, um livro assinado por Chris Jonnum, que leva para as páginas da publicação os 60 anos de história da tradicional marca italiana.

Jonnum se aliou ao fotógrafo Peter Harholdt para traçar um perfil das 25 melhores motos de corrida que estão expostas no museu da Ducati. O livro começa com a 1947 Ducati Cucciolo, um bicicleta motorizada, e termina com a GP10, a Desmosedici usada na temporada 2010 por Nicky Hayden. Também estão presentes a Ducati 900 Super Sport, que foi utilizada por Mike Hailwood em sua vitória em Isle of Man em 1978, e a Ducati 851, com que Raymond Roche conquistou o primeiro título da marca o Mundial de Superbike.

As fotos de Harholdt foram feitas em um estúdio especial, montado dentro de Borgo Panigale e traz detalhes dos motores, chassis, e outros componentes da moto. Jonnum, que atua como assessor de imprensa da equipe da MotoGP, explica a importância de cada um desses modelos para a história da companhia.

A publicação, que tem texto em inglês e italiano, pode ser adquirida pelo site: shop.ducati.com, em livrarias, ou pelo site da editora David Bull Publishing. O livro custa US$ 39,95 (cerca de R$ 78,70) ou € 32,90 na Europa (aproximadamente R$ 84,50).

Título: Museo Ducati
Subtítulo: Six Decades of Classic Motorcycles of the Official Ducati Museum
Autor: Chris Jonnum
Fotógrafo: Peter Harholdt
Formato: Capa dura, 144 páginas, texto em Inglês e Italiano
Fotos: 107 imagens coloridas
ISBN: 9781935007166

Tags: | 1 Comentário

Luta contra a pobreza


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa se juntaram a campanha ‘Cuenta conmigo contra la probreza’, uma obra social que reuniu personalidades espanholas para arrecadar fundos para a ‘Save the Children’, uma ONG que atua em defesa das crianças de todo mundo.

Além dos dois pilotos da MotoGP, o projeto conta com o apoio de David Bisbal, Alejandro Sanz e Xavi Hernández.

O vídeo do Pedrosa foi uma dica da Evelyn Guimarães.

http://www.youtube.com/watch?v=m-EPhwID1Bg

Tags: | Deixe um comentário

Destino Tech 3?


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [
@JulianaTesser]
de São Paulo

Alguns rumores publicados na imprensa germânica indicam que a Yamaha está de olho em Pol Espargaró. Segundo colocado no Mundial de Moto2 em 2012, o espanhol é apontado como candidato a um posto na Tech 3, time satélite de Iwata.

De acordo com os relatos da imprensa, a fábrica nipônica pretende assinar um pré-contrato com Pol, medida que foi adotada anos atrás com Jorge Lorenzo – que assinou em 2007 para estrear no ano seguinte.

Atualmente a Tech 3 tem contrato com Cal Crutchlow e Bradley Smith, mas o acordo do experiente britânico é válido por uma única temporada, já que ele não esconde a vontade de mudar para um time de fábrica.

Tags: | Deixe um comentário

Trabalhando por você


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

A Bridgestone anunciou no início desta semana que Valentino Rossi seguirá atuando como conselheiro de desenvolvimento de pneus da marca para ajudar na fabricação dos compostos que são utilizados nas motos de rua.

Para selar o novo acordo, a Bridgestone disponibilizou um vídeo com imagens de Valentino em Nasushiobara-Shi, no Japão, a pista de testes da fábrica. O italiano pilota uma Yamaha Fazer e testa os Battlax T30 em diferentes condições de asfalto.

Aqui ó:

http://www.youtube.com/watch?v=0L2Qqeo7fwg&feature=youtu.be

Tags: | Deixe um comentário

WELCOME HOME


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

2012 acabou e levou junto o contrato de Valentino Rossi com a Ducati. Agora livre para voltar para sua amada M1, o italiano ganhou um presente de boas-vindas da Yamaha que, mais uma vez, mostra toda sua fofura.

Tá aqui, ó:

Tags: | Deixe um comentário

Ho Ho Ho


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

♪ Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem ♪

Pois é, os Maias estavam errados. O mundo não acabou no dia 21 e nós estamos nos aproximando de mais um Natal. Em homenagem a essa data festiva, nós reunimos em um único lugar as mensagens natalinas divulgadas pelas equipes no fim desta temporada.

Em nome de toda a turma do Grande Prêmio, aproveito para desejar aos nossos leitores um ótimo Natal e um 2013 cheio de conquistas.

Por nossa parte, fiquem atentos, pois o novo carro do GP para a temporada de 2013 será apresentado já no início do ano. Como vocês sabem, o regulamento não mudou muito para o próximo ano, mas nós estamos preparando algumas novidades para vocês!

Feliz Natal e um próspero Ano Novo a todos!

Tags: | Deixe um comentário

Memórias


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

Casey Stoner colocou um ponto final em sua carreira neste fim de semana ao completar o GP de Valência de MotoGP na terceira colocação. A aposentadoria do australiano já era esperada e ele deixa as pistas consagrado como um dos maiores de sua geração.

Antes do adeus, Casey mostrou fotos de carreira e contou suas memórias sobre a trajetória que lhe rendeu o bicampeonato na principal categoria do Mundial de Motovelocidade.

► Confira as melhores imagens da carreira de Casey Stoner

http://www.youtube.com/watch?v=7vt4kUapEeU&feature=youtu.be

Tags: | 1 Comentário

Na balança


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [
@JulianaTesser]
de São Paulo

A Moto2 já tem seu campeão de 2012, mas as regras para 2013 ainda seguem indefinidas. Na última sexta-feira (26), os pilotos da classe intermediária do Mundial de Motovelocidade foram chamado ao box 21 de Phillip Island para serem pesados, já que a categoria estuda a possibilidade introduzir um peso mínimo no próximo ano.

O assunto foi muito comentado nesta temporada, já que Scott Redding apontou seu peso como um dos principais motivos que o impediam de bater pilotos como Marc Márquez e Pol Espargaró.

Os competidores foram pesados usando o macacão, as botas e o capacete, e os resultados serão utilizados para a elaboração de uma nova norma, que deve introduzir um peso mínimo para a categoria.

De acordo com a revista espanhola ‘Solomoto’, foi constatada uma diferença de cerca de 20 kg entre os mais leves e os mais pesados. O piloto da Marc VDS, por exemplo, encabeça a lista dos mais pesados, com 85 kg. Jordi Torres aparece na sequência, com 84, seguido por Axel Pons, com 82, e Takaaki Nakagami, com 80.

A lista com competidores de peso intermediário tem Pol Espargaró e Andrea Iannone com 74 kg, Anthony West e Bradley Smith com 75, Julián Simón com 73 e Nico Terol com 71.

Outros pilotos, entretanto, não chegam nem aos 70 kg. Tito Rabat é o mais leve e tem pouco mais de 63 kg. Elena Rosell aparece na sequência, com 67. Marc Márquez, campeão da temporada, tem 68,5. Mika Kallio tem 69 e Toni Elías 66.

Ainda de acordo com a publicação espanhola, os promotores do campeonato devem eleger 75 kg como peso mínimo para a temporada de 2013 da Moto2.

Tags: | 5 Comentários

Presentão


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

Jorge Lorenzo decidiu dar um presente aos integrantes de seu fã-clube que querem acompanhar a última etapa da temporada de 2012 da MotoGP no circuito de Valência. Para agradecer os fãs pelo apoio ao longo da carreira, o piloto da Yamaha vai subsidiar 60% do valor dos ingressos para a prova no circuito Ricardo Tormo.

Os integrantes do fã-clube vão pagar apenas € 30 (cerca de R$ 79) e acompanhar a corrida da tribuna Azul Oeste, na frente das curvas Nieto e Doohan, onde tradicionalmente se reúnem para a prova em Valência. O ingresso normal custa € 74 (aproximadamente R$ 194,50).

“Como agradecimento pelo apoio incondicional que os espartanos me dão a cada corrida, decidi ajudá-los subsidiando 60% das entradas para todos os sócios do fã-clube que quiserem vir ao último GP do ano”, anunciou o piloto no Facebook. “Nos vemos em Valência, amigos!”, concluiu.

Tags: , | 1 Comentário

Rossi, a estrela-mor


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

EVELYN GUIMARAES [@eveguimarães]
de Misano

O GP de San Marino e da Riviera di Rimini tem esse nome charmoso aí porque a pista de Misano, que recebe a MotoGP todos os anos, fica relativamente perto de San Marino e grudada em Rimini, em uma linda região de veraneio. O circuito fica a poucos quilômetros do mar, o que dá um ar bem diferente ao evento, que é o maior da região. E que fica também muito perto de Tavullia, a cidade natal de Valentino Rossi e de Coriano, onde morava Marco Simoncelli.

A vida na região se resume ao turismo, impulsionado pelas belas praias e pela agitação nos hotéis à beira mar. É claro que a chegada da MotoGP dá uma movimentada em termos financeiros, mas não a ponto de mudar muito o ritmo das pequenas cidades ao redor do circuito. Porém, o clima MotoGP permanece o ano inteiro.  E em todo lugar há referências aos dois ídolos locais: Rossi e Simoncelli.

Não é com surpresa que se vê a verdadeira adoração que os torcedores têm por Valentino, de crianças a idosos. Não só entre os italianos. É uma loucura, eu diria. O piloto quase não consegue se movimentar pelo paddock sem parar para uma foto, um autógrafo. E o amarelo 46 está por toda parte, nos carros, no comércio, nas casas. E Rossi retribui. Aparece nos pits, acena dos boxes, inventa pinturas novas no capacete, tenta atender a todos. Ele sabe o que representa e sabe que, boa parte de tudo isso, é culpa sua. De seu carisma, especialmente.

O piloto da Ducati, de fato, faz despertar um carinho genuíno nos que o seguem, ganhando ou perdendo nas pistas. E isso é uma coisa rara em esportes de alto nível. Talvez só o futebol consiga despertar paixões assim. E é ele, de fato, que move o circo da MotoGP. Impressionante ver como a categoria vive dele. E interessante pensar como a categoria vai se virar quando a estrela-mor decidir parar.

PS – E não dá para cobrir a MotoGP sem falar dele!

Tags: , , , | Deixe um comentário

Ainda sobre Marco


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

EVELYN GUIMARAES [@eveguimaraes]
de Misano

Ontem vivi uma experiência bastante emocionante. Eu fui até Coriano, que fica a pouco mais dez quilômetros de Rimini, onde estou hospedada para a cobertura da MotoGP. É cidade onde cresceu Marco Simoncelli. No ano passado, eu acompanhei, ao vivo, por meio da transmissão da RAI, o funeral do piloto italiano, algo que comoveu a Itália. Por isso, a visita foi tão especial. Conhecer o lugar, a Igreja e o Teatro Municipal, onde o corpo do piloto foi velado, foi uma experiência única.

A cidade ainda vive da lembrança de Marco. O número 58 é uma espécie de símbolo e está por toda a parte. Conversei com muitas pessoas e as palavras que mais ouvi foram tristeza e amável. A primeira, claro, pela perda de uma pessoa tão jovem e com um grande futuro pela frente, independente de ser ou não atleta famoso e de sucesso. E a segunda é um resumo da personalidade de Simoncelli, algo que não é difícil de imaginar apenas pelas fotos do italiano, que morreu aos 24 anos.

A matéria completa sobre a visita a Coriano o leitor do Grande Prêmio vai poder acompanhar na Revista Warm Up do próximo mês.

Tags: , , , | Deixe um comentário

Primeira vez


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

EVELYN GUIMARAES [@eveguimaraes]
de Misano

A última parte da cobertura europeia do Grande Prêmio, ao menos a minha parte, já que a chefia também vai para a Alemanha nesta semana cobrir o DTM, em Oschersleben, é a MotoGP em Misano. Campeonato que tenho um carinho especial e que acompanho há muito tempo, ainda que muitas vezes não da forma que gostaria. Mas o dia chegou e, a partir desta quinta-feira, estaremos aqui no circuito Marco Simoncelli, para trazer todas as informações da 13ª etapa do Mundial, que tem na liderança o espanhol Jorge Lorenzo, que defende a Yamaha.

Fazer um evento pela primeira vez é algo muito, muito legal, ainda mais quando é uma coisa que você acompanha há muito tempo. Ainda estou me ambientando, descobrindo os caminhos e o paddock, que é muito diferente da F1 e da Indy, as duas categorias internacionais que já fiz.

Aqui não tem padrão F1, cheio de horários, tudo previamente agendado e tudo mais. É organizado, sim, mas sem a pompa da categoria-mor do automobilismo. É tudo mais simples, mas não chega a ser como a Indy.  Mas a primeira impressão é muito boa mesmo. Teremos muito trabalho pela frente, evidentemente. Afinal, são três campeonatos mundiais. E que comece logo!

O dia hoje amanheceu feio e chuvoso. Mas a previsão é que melhore até domingo. O lugar é lindo, fica perto das praias de Misano Adriático, Riccione e Rimini.

E falando em Simoncelli, o fim de semanas também será de muitas homenagens ao piloto italiano, morto no ano passado, depois do trágico acidente em Sepang, na Malásia. Hoje, no fim da tarde, os pilotos das três categorias vão dar uma volta pela pista de bicicleta em lembrança de Marco. E, mais tarde, o pai de Simoncelli, Paolo, vai lançar a biografia do filho, que tem depoimentos de várias pessoas ligadas ao piloto, os pais, claro, a namorada e Valentino Rossi.

Tags: , , , | Deixe um comentário

Curtindo Indianápolis


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

A cada etapa da MotoGP alguns pilotos participam de atividades promocionais que envolvem aspectos da cultura local e em Indianápolis não foi diferente.

Stefan Bradl, Ben Spies, Sandro Cortese, Luis Salom, Scott Redding, Marc Márquez, Daniel Pedrosa, Andrea Iannone, Maverick Viñales, ZulFahmi Khairuddin e Pol Espargaró estiveram em Victory Field, o campo do Indians de Indianápolis para jogar baseball.

“Joguei baseball pela primeira vez na vida. É divertido, mas é muito complicado. Decidi ficar na Moto2”, brincou Márquez. “O estádio dos Indians é incrível, mas seus jogadores são gigantes”, comentou.

Viñales foi mais um a comentar a experiência. “Estive na casa dos Indians de Indianápolis para jogar baseball. Foi divertido”, completou.

Eu não entendo nada de baseball, mas alguém aí acha que eles levam jeito?

Tags: | Deixe um comentário

Inscrições abertas


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [
@JulianaTesser]

A Red Bull Rookies Cup, campeonato realizado por meio de uma parceria entre Red Bull, Dorna, KTM, Ipone e Alpinestars está com as inscrições abertas até o dia 31 de agosto para o processo seletivo que irá escolher os pilotos que irão participar do certame na temporada de 2013.

A organização anunciou recentemente uma mudança para a KTM 250 RBR, moto que foi baseada no equipamento da Moto3, entrando na era de motores 4 tempos.

Para participar do campeonato por onde passaram Danny Kent, Luis Salom, Jakub Kornfeil, Arthur Sissis e Johann Zarco, os candidatos devem ter nascido entre 1º de janeiro de 1996 e 31 de março de 2000 e terem experiência no motociclismo.

De acordo com a organização, os candidatos, que podem ser meninos ou meninas, devem ter preferencialmente menos de 1,72m e menos de 62 kg.

É preciso preencher uma inscrição pelo site: www.redbullrookiescup.com/join. A organização irá selecionar alguns dos inscritos e chamá-los para uma seletiva no final do ano.

Os novatos devem levar um mecânico para ajudá-los durante a seletiva e bancar os custos da viagem. Além disso, os selecionados devem levar macacão, botas, capacete e protetor de coluna.

No ano passado, a fase final da seletiva contou com o brasileiro Michel Velludo. Um dos pilotos escolhidos para a disputa deste ano foi María Herrera. A espanhola acabou não participando da competição, mas agora conta com o apoio da gigante Repsol no Campeonato Espanhol de Moto3.

Tags: | Deixe um comentário

Dia no escritório


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [
@JulianaTesser]

A Yamaha lançou na última sexta-feira (27) um vídeo realizado para promover o GP dos Estados Unidos de MotoGP. Protagonizada por Jorge Lorenzo, Ben Spies, Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow, a peça mostra os quatro pilotos assumindo funções burocráticas na sede da empresa no país.

Lorenzo atua como CEO, mas brinca dizendo: “Vou contar um segredo: eu não faço nada.” Crutchlow é encarregado de cuidar da segurança, com Dovizioso trabalhando na limpeza e Spies sendo o responsável pela manutenção dos computadores. O piloto da casa, aliás, havia se candidatado ao posto de recepcionista, mas não foi aprovado para a função.

O vídeo com os atuais pilotos é uma continuação do que foi lançado três anos atrás e que contava com Lorenzo, Valentino Rossi, Colin Edwards e James Toseland. Na época, Jorge era responsável pela limpeza, James cuidava da correspondência, Edwards era segurança e Valentino atuava na recepção.

Tags: | 1 Comentário

Coluna Wild Card, por Juliana Tesser e Evelyn Guimarães: O melhor dos mundos


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

Fernando Alonso foi às lágrimas em Valência no último domingo e emocionou o mundo com uma vitória histórica nas ruas espanholas, para delírio de milhares de torcedores ferraristas, alonsistas e da F1 em geral, por que não? O triunfo e a corrida em si também serviram para retratar o momento único que a F1 vive neste ano, com corridas espetaculares, imprevisíveis, em uma temporada que já viu sete pilotos diferentes de equipes distintas no topo do pódio nas oito primeiras etapas. O atual cenário assombra os que acompanham a categoria máxima do automobilismo porque é uma situação das mais raras. Talvez até única na história recente da categoria. E é legal. Muito legal. Mas é algo que a MotoGP já está acostumada há anos. Foi para isso toda essa introdução aí em cima!

De certa forma, grande parte dos torcedores que hoje acompanha as corridas da moto e lota as arquibancadas dos autódromos por onde passa a categoria rainha do motociclismo foi conquistada usando essa mesma fórmula: o espetáculo. É claro que aí a MotoGP levou enorme de sorte de juntar em quase uma mesma geração pilotos do mais alto nível técnico, além de um piloto talentosíssimo e de carisma sem precedentes. Que hoje é quase um sinônimo da categoria. De fato, a banda toca de forma diferente no Mundial.

Alguns vão dizer que a pressão e a cobrança são menores, o que facilita a vida dos pilotos, porque permite que sejam mais livres e espontâneos. E pode ser mesmo. A MotoGP, embora tenha lá suas excentricidades a lá F1, possibilita, sim, maior integração de seus astros com os torcedores, permite brincadeiras, celebrações extravagantes e até discussões públicas entre seus pilotos, sem o menor engessamento com horários e padrões para protocolos em pódios e coletivas. E esse tipo de descontração atrai e encanta o público.

Carisma de Rossi foi um dos grandes trunfos na promoção da MotoGP (Foto: Ducati)

E a MotoGP sabe quem são suas verdadeiras estrelas e as valoriza. Tanto que o anúncio da precoce aposentadoria de Casey Stoner caiu como uma bomba e entristeceu até aqueles que não vão muito com a cara do australiano. E é cada vez maior também a preocupação com o dia em que Valentino Rossi resolver pendurar a saboneteira.

Ainda assim, a categoria vive uma temporada das mais emocionantes, apesar da tabela de pontos sugerir o contrário. É bem verdade que Jorge Lorenzo está em sua melhor forma e até por isso que é show sempre garantido. Nenhuma das vitórias do espanhol até agora foi fácil ou sem uma dura batalha.

Mas mesmo em outros tempos, quando a pista não contava com toda essa competitividade, como foi no ano passado com o domínio de Stoner, a MotoGP não deixou de dar seu espetáculo. Só em 2011 a categoria reuniu mais de 2 milhões de pessoas nos 18 circuitos onde corre.

No último fim de semana Alonso encantou o mundo em empunhar a bandeira espanhola em sua comemoração. Foi lindo. Lembrou o tempo em que Ayrton Senna fazia o mesmo com a bandeira brasileira. Mas no motociclismo, isso não é novidade.

Os pilotos do Mundial de Motovelocidade passam a impressão de serem mais humanos. Ou menos robóticos, como preferirem. Anos atrás, Rossi, o grande expoente das comemorações espetaculares, colocou uma boneca inflável na moto. Para comemorar o sétimo título mundial, o italiano reuniu a ‘Branca de Neve e os sete anões’. Neste ano, em Le Mans, o piloto foi esperado de joelhos por um torcedor que queria comemorar com ele seu retorno aos pódios. Lorenzo na etapa de Jerez de 2011 pulou no lago do circuito para comemorar seu triunfo (e depois percebeu que não tinha sido uma de suas melhores ideias, já que o peso da roupa dificultou sua saída da água).

E o show não vem só dos pilotos. Após cada corrida a categoria prepara um programa especial que é disponibilizado pela internet. O ‘After the Flag’, além de contar com um resumo das provas, traz também bastidores das provas e um quadro chamado ‘Ask the riders’, onde os fãs enviam perguntas para os corredores. E eles respondem a todo tipo de curiosidade. Música preferida, comida favorita, etc. Outro dia eles tiveram que responder com quais pilotos formariam uma boy band. Rossi e Scott Redding, aliás, estão entre os mais cotados.

O sucesso da MotoGP está exatamente nesta fórmula. A grande sacada da Dorna foi saber aproveitar o melhor de seus pilotos, tanto na pista, como fora dela, para promover o esporte. E dar a eles certa liberdade. É o melhor do esporte, com o melhor do entretenimento. É o melhor de dois mundos.

A Wild Card desta quarta-feira vem em edição especial, feita em parceria com Evelyn Guimarães, que tradicionalmente assina a Brickyard aqui no Grande Prêmio. A Eve, aliás, vai ficar com vocês nas próximas semanas, enquanto eu estiver de férias.

Deixe um comentário

The Rainband


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Outro dia eu escrevi aqui para contar que a banda britânica The Rainband fez uma parceria com a Fundação Marco Simoncelli e que iria reverter a renda do single ‘Rise Again’ para o projeto tocado pela família do piloto.

Pois, bem. O single foi lançado em Silverstone e o clipe inteiro está aqui:

Tags: | Deixe um comentário

As (muitas) opções da Honda


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

EVELYN GUIMARÃES [@eveguimaraes]

Daí que Jorge Lorenzo encerrou ontem as especulações ao anunciar a renovação de seu contrato com a Yamaha por mais dois anos. O nome do jovem espanhol era bastante cotado na Honda para substituir Casey Stoner a partir da temporada que vem, já que o australiano, como todos sabem, decidiu que vai deixar as competições ao fim de 2012. E seria mesmo uma grande jogada da equipe laranja tê-lo como principal piloto. Jorge está em grande fase e seria o piloto ideal para conduzir o time a novos triunfos e recordes.

Lorenzo, entretanto, preferiu o ambiente já conhecido da Yamaha. Equipe que o levou para a MotoGP em 2008 e que, desde então, o trata como grande estrela, mesmo quando tinha Valentino Rossi do outro lado do box.  Por isso, a decisão de Lorenzo não foi nenhuma surpresa. Ele mesmo deu vários indícios de que continuaria na equipe japonesa, apesar da ‘conversa’ que seu empresário teve, em Barcelona, com Shuhei Nakamoto, vice-presidente da Honda. A surpresa mesmo foi ver que a Yamaha se mexeu rapidamente para garantir Lorenzo e confirmou o novo contrato ainda nesta primeira metade de temporada.

Desde o anúncio de Stoner, era claro que a decisão de Lorenzo seria crucial para o mercado de pilotos da MotoGP e também para a Honda de certa forma. Agora, a gigante nipônica deve mesmo manter Dani Pedrosa, muito em função da grande experiência do espanhol, e a escolha do companheiro dele será das mais interessantes de se acompanhar ao longo da temporada. Com um Lorenzo cada vez mais forte, a Honda não poderá se dar ao luxo de escolher alguém simplesmente para preencher uma vaga até a vinda do já badalado Marc Márquez e nem poderá, por outro lado, apostar todas as fichas no jovem catalão, que, apesar das atuações de gala na Moto2, ainda é uma incógnita com relação à classe rainha.

Márquez estará no grid em 2013, sem dúvida. Resta saber em que condições. E o que seria mais vantajoso para ele? Estrear com o peso de já ter de entrar na luta pelo título ou fazer isso de forma gradual, meio como um Lewis Hamilton em 2007?

E o que será mais válido para a Honda? Apostar de vez em Márquez ou dar chance a outro piloto do grid atual? Nomes não faltam. No campo das especulações, Cal Crutchlow, que vem apresentando grande desempenho da Tech3, já aparece como forte candidato, apesar do estreito envolvimento com a Yamaha.  Assim como os satélites Stefan Bradl e Álvaro Bautista. Correndo por fora estão Ben Spies e Nicky Hayden. E por que não? O primeiro não consegue se encontrar com a M1, mas é um piloto rápido. O segundo já foi da Honda e também já deve estar farto da falta de resultados da Ducati. São opções válidas. Mas aí o leitor vai dizer: mas e o Rossi? Bem, o Valentino parece carta fora na Honda. O italiano deve mesmo permanecer na Ducati por pelo menos mais uma temporada.

Agora, no lugar da Honda, em quem o leitor apostaria as fichas? E Lorenzo? Fez bem em fechar tão rápido com a Yamaha?

Tags: , , , , , , , | 4 Comentários

Rockstar


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

EVELYN GUIMARAES [@eveguimaraes]

Eu sei, eu sei… Que é a Juliana Tesser (@JulianaTesser) a nossa especialista em MotoGP no Grande Prêmio. E como sabe e conhece de motos essa menina! Mas não posso deixar de compartilhar o vídeo abaixo. É do ano passado, mas serve para mostrar um lado curioso e bastante simpático do atual líder do Mundial de Motovelocidade na classe rainha – adoro esse termo. Que, alías, tem se mostrado um piadista também.

Amante de música, não à toa Jorge Lorenzo vive às voltas com seu ipod nos grids da MotoGP. E no vídeo, Jorge esbanja carisma e revela uma faceta, digamos, mais artística de sua personalidade. O jovem piloto participa do clipe da música Dame Vida, do cantor espanhol Huecco. Além do representante da Yamaha na MotoGP, o divertido vídeo também traz participações especiais de outros esportistas, como o craque do Barcelona Daniel Alves, além do jogador de basquete do Los Angeles Lakers Pau Gasol e da tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki.

A música dá nome ao mais novo álbum do artista, lançado em 2011, e também à Fundação que Huecco mantém na Espanha, responsável por diversas ações sociais. O projeto que originou o vídeo e contou com a participação voluntária dos esportistas também é parte de uma ação global do artista, para o acesso das populações mais carentes às energias limpas.

E não é a primeira experiência de Lorenzo no meio artístico. O piloto de 25 anos parece gostar e se sente à vontade diante das câmeras. Muito além das comemorações no estilo Valentino Rossi na MotoGP, Jorge já participou de vários ensaios fotográficos, campanhas publicitárias e até mesmo de um episódio de um seriado popular e uma peça de teatro na Espanha.  Já dá até para dizer que no dia que resolver pendurar as saboneteiras, Lorenzo pode se aventurar em outras áreas…

PS – A Ju escreveu coisas bacanas também sobre o novo comportamento de Lorenzo na MotoGP. Vale a pena a leitura.

Tags: , , , , | 2 Comentários

Rise again


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

No próximo dia 17 de junho a MotoGP estará em Silverstone para o GP da Inglaterra e contará com uma homenagem a Marco Simoncelli. A banda inglesa ‘The Rainband’ se apresentará no circuito tocando a música ‘Rise Again’.

As vendas do single, aliás, terão seus lucros revertidos para a Fundação Marco Simoncelli, ONG criada pela família do piloto que pretende construir um hospital especializado no tratamento de pessoas com deficiência.

“Rise Again é uma das nossas melhores músicas e é uma trilha sonora brilhante para a Fundação e um tributo adequado a um homem memorável”, afirmou Martin Finnigan, vocalista do The Rainband.

A apresentação contará ainda com James Toseland, ex-piloto que se retirou das pistas por conta de uma lesão no punho que o impedia de guiar. Campeão em 2004 e 2007 no Mundial de Superbike, Toseland vai tocar piano na apresentação.

Aqui tem uma prévia do clipe:

Tags: , , , , , , , | 5 Comentários

Vida triste


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Dani Pedrosa é espanhol, mas, assim como Casey Stoner, escolheu viver na Suíça, um país onde não precisa conviver com a atenção que recebe em sua terra natal e, portanto, pode levar uma vida normal.

Mas a Repsol, principal patrocinadora da Honda, esteve na casa do espanhol acompanhando a rotina do piloto. Vendo a paisagem, acho perfeitamente compreensível a cara de tristeza que o Dani carrega por aí. Tá ruim a vida mesmo…

Tags: | 6 Comentários

A regra do rookie


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Não, não vai ser em 2013 que Marc Márquez estreará na MotoGP pela equipe de fábrica da Honda. Isso porque a categoria rainha do Mundial de Motovelocidade conta com uma regra para novatos que obriga os pilotos a passarem pelo menos uma temporada nas equipes satélites.

De acordo com o site espanhol ‘Motocuatro’, a Honda pediu à MSMA (Associação dos Fabricantes de Motos Esportivas) que abrisse mão da regra introduzida há cinco anos, mas ideia foi vetada por Carmelo Ezpeleta, presidente da Dorna, promotora do Mundial.

Desde a introdução da regra dos novatos, uma única exceção foi feita: a chegada de Álvaro Bautista na Suzuki. Na época, fizeram um adendo ao regulamento dizendo que um estreante poderia ingressar em uma equipe de fábrica se o time não vencesse uma corrida há dois anos.

Claro que a mudança não vai impedir a entrada de Márquez na categoria. O espanhol tem se mostrado um ótimo piloto e conta com um forte apoio da Repsol, principal patrocinadora da Honda. A solução seria adotar uma medida similar com o que foi feito com Marco Simoncelli. O piloto vai para uma equipe satélite, mas conta com todo o apoio da fábrica.

Regras são regras…

Tags: | 2 Comentários

DNA?


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

O GP da Espanha de Moto3 promoveu a estreia de Álex Márquez no Mundial. Para quem não sabe, o jovem piloto de 16 anos é irmão da atual estrela da Moto2, Marc Márquez.

Álex disputa o Campeonato Espanhol de Moto3 e chegou ao Mundial como wild-card da Estrella Galicia 0,0. E não fez feio. Correndo com pilotos mais experientes, Márquez conseguiu terminar a prova na 12ª colocação apesar de uma queda e somou quatro pontos na classificação.

“Essa foi uma corrida difícil. Eu cai, mas consegui voltar para a pista e gradualmente melhorei minha posição, já que me senti confortável na moto apesar do clima adverso. Eu fiquei em 12º”, contou. “Eu não esperava pontuar nessa corrida, especialmente depois de ver que eu estava em 22º depois da queda. Tenho de ficar feliz por terminar a corrida nesta posição e vou para Portugal muito otimista em relação ao que podemos fazer lá.”

No próximo domingo (6), Álex volta ao Mundial para o GP de Portugal e com uma prova de experiência e talvez com condições climáticas melhores, poderá mostrar um pouco mais do que é capaz de fazer.

Vai ver o talento está no DNA. De qualquer forma, Marc já avisou: “Preciso acelerar, meu irmão está vindo!”

Dizem os espanhóis, que o Álex é mais rápido que o Marc. A conferir.

Tags: | 3 Comentários

Caminho das Índias


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Os representantes do circuito de Buddh, na Índia, não escondem que querem mais categorias passando pelo país a partir das próximas temporadas. Após uma bem sucedida estreia na F1, o traçado agora é cotado para receber a MotoGP e o Mundial de Superbike.

Em entrevista ao veículo indiano ‘The Economic Times’, Sameer Gaur, diretor-executivo da Jaypee Sports International, empresa que é proprietária do traçado, afirmou que as negociações com a MotoGP estão avanças, mas lembrou das dificuldades em relação as datas.

“Nós queremos acomodar todas essas corridas, mas a Índia tem apenas cinco meses de tempo bom em que elas poderiam ser recebidas”, ponderou. “Nós atualmente estamos negociando com a MotoGP sobre os termos e a divisão das receitas”, continuou.

A previsão inicial é de que o Mundial de Motovelocidade desembarque no país em março de 2013. A etapa da Superbike, no entanto, está em fase final de negociações e a data da prova deve ser anunciada no próximo mês. A expectativa é que a categoria realize em Buddh a primeira corrida da temporada do ano que vem.

Tags: | 3 Comentários

Seu filho pode ser um craque


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Por mais que muitas vezes um esporte de elite seja uma atividade individual, o caminho até o topo nunca é feito desacompanhado. O envolvimento, principalmente dos pais, é um dos principais requisitos para que uma pessoa tenha condições de ingressar em uma modalidade top.

Muitas vezes, o primeiro contato com a modalidade acontece por meio dos pais. É caso de Valentino Rossi, que iniciou no motociclismo por conta de seu pai, Graziano. O mesmo aconteceu com Elena Myers, María Herrera, Lewis Hamilton, Nelsinho Piquet, Nico Rosberg, Cacá e Popó Bueno, e muitos outros.

Pensando nisso, foi lançado na semana passada o livro ‘Tu hijo puede ser um crack’ (Seu filho pode ser um craque), de autoria de Jaime Alguersuari, pai do ex-piloto da Toro Rosso. O livro, publicado pela editora Planeta, é um manual dirigido aos pais que pretende ensiná-los a identificar os talentos necessários para levar o filho ao topo do esporte.

Jorge Lorenzo participou do lançamento do livro de Jaime Alguersuari (Foto: Facebook/ Jorge Lorenzo)

Alguersuari destaca que algumas características são essenciais para um futuro campeão. “O que têm em comum Rafa Nadal, Fernando Alonso ou Pau Gasol? Quais as qualidades básicas para ter sucesso e se tornar um craque em seus respectivos esportes: precocidade, talento e maturidade”, defende. “Estes três ingredientes, que devem estar juntos e ao mesmo tempo, são imprescindíveis para fazer parte de uma minoritária elite esportiva. E se a criança não tem, poderá até ser um bom aluno, mas nunca um mestre”, continuou.

Por outro lado, Jaime defende que é importante que os pais saibam que nem todos terão sucesso nessa trajetória. “São poucos os pais que aceitam na metade do caminho que seu filho não tem as condições.”

“Os pais devem ser suficientemente sensatos para não brincar de roleta russa com os estudos e apostar tudo nos esportes. Devem pressionar e, se o filho for maduro o suficiente, transformar os aeroportos e salas de espera em salas de estudo improvisadas”, afirmou. “90% das famílias apostam tudo em uma única carta: o esporte, e geralmente é um erro”, continuou.

Outra tese defendida pelo pai do ex-pupilo da Red Bull é a importância da maturidade, e cita o exemplo de Marc Márquez, campeão Mundial das 125cc aos 17 anos. “Seus rivais Nico Terol e Pol Espargaró eram mais velhos que ele, dois e cinco anos, respectivamente, mas não tão maduros. Aí está a chave de Marc, o que o transformou em uma estrela.”

Tags: | 4 Comentários

Fábrica X CRT


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Neste ponto do campeonato você certamente já sabe que a partir desta temporada a MotoGP contará com as chamadas equipes CRT, que possuem motos com chassis artesanais e motores derivados de produção.

O objetivo desta mudança é ampliar o grid da categoria por meio de uma redução no orçamento. A medida funcionou e este ano serão 21 pilotos no grid da principal divisão do Mundial de Motovelocidade.

Enquanto a temporada não começa – no próximo dia 8 com o GP do Catar – não podemos fazer uma análise exata do desempenho das novas equipes, embora os primeiros testes já tenham mostrado uma leve diferença na vantagem das fábricas.

O que é certo é desvantagem das CRT no quesito financeiro. No último fim de semana os 21 pilotos se reuniram pela primeira vez para um teste coletivo – a maior parte das equipes novatas não participou dos exercícios em Sepang – no circuito de Jerez de la Frontera.

No sábado (24) as condições climáticas não eram lá as melhores, o que levou muitos pilotos ao Twitter. Um deles foi Ben Spies.

Aproveitando o momento de folga, o norte-americano postou uma foto do almoço na Yamaha. O cardápio era, digamos, bastante farto.


Pouco tempo depois, James Ellison, da pequena Paul Bird, surgiu no microblog dizendo: “@BenSpies11 sanduíche de presunto ou sanduíche de queijo aqui, amigo… Sou mimado por opção!”

É, esporte a motor não é feito só de glamour…

Tags: | Deixe um comentário

#GP12


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

A Ducati anunciou outro dia que no próximo dia 19 vai apresentar a GP12, moto que será utilizada por Valentino Rossi e Nicky Hayden na temporada de 2012 da MotoGP.

A apresentação será feita pelo Facebook da Tim, mas nesta sexta-feira (9) a fábrica de Borgo Panigale mandou uma prévia do que vem por aí.

http://www.youtube.com/watch?v=z2uk-PCqSQ0&sns=em

Tags: | Deixe um comentário

Rossi por Rossi


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Valentino Rossi pode até não estar vivendo a melhor fase de sua carreira, mas quem é rei, nunca perde a majestade.

Separei um vídeo aqui onde o italiano fala da carreira. Ele fala da escolha pelo #46, da rivalidade com o Max Biaggi e da experiência testando a Ferrari.

“Eu não acho que a moto seja apenas um pedaço de metal. Eu acho que ela tem uma alma. Uma coisa tão bonita tem de ter uma alma. Uma moto é como uma mulher bonita. Às vezes ela está brava, às vezes ela te faz feliz. Mas você sempre deve tentar não aborrecê-la e tratá-la bem, do contrário, terá problemas”, aconselhou Valentino.

O piloto foi questionado sobre o papel de seu pai, Graziano, em sua carreira. Papai Rossi era piloto e sofreu um grave acidente em Ímola em 1982, se tornando uma das primeiras histórias de sucesso da clinica móvel da MotoGP, já que precisou ser reanimado pela equipe chefiada pelo Dr. Claudio Costa.

“Ele era um grande piloto que, por azar, lesões ou acidentes, não venceu tanto quanto deveria. Eu acho que nasci para terminar o que ele começou.”

Graziano também é o responsável pela escolha do número eternizado por Valentino. “Eu vi uma foto do Graziano, de 1979, o ano em que eu nasci, com a Morbideli dele. Era a primeira corridas das 125cc e ele venceu. O número dele era 46, então eu decidi usá-lo também e uso desde então.”

O titular da Ducati também fala da experiência com a Ferrari. “Devo dizer que a moto ainda é a nº1, mas um carro de F1 te dá uma sensação maior de velocidade do que a MotoGP. Não tanto nas retas, onde a moto é mais assustadora que o carro, porque você não está protegido, mas nas curvas um carro de F1 tem uma velocidade incrível e é muito legal de pilotar”, falou. “É a única coisa tão legal quanto a MotoGP, se não for mais.”

 

Tags: | Deixe um comentário

Na telinha


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Eric Granado vai estrear na Moto2 neste ano como wild-card – já que ainda não tem a idade mínima exigida pelo regulamento da categoria. Representado a JiR, o piloto terá Johann Zarco como companheiro de equipe.

E o jovem brasileiro, que já estreou nos testes da pré-temporada, encontrou uma maneira diferente de se manter em contato com os fãs.

Por meio da Eric Granado TV, canal on-line do piloto, o representante da JiR vai manter seus seguidores atualizados sobre suas atividades no velho continente.

O canal, que é resultado de uma parceria entre a Granado Sport Team com a produtora Post Varejos, terá atualizações diárias e, além de promoções dos patrocinadores, trará depoimentos, curiosidades e detalhes dos circuitos por onde o jovem vai passar.

O site já conta com uma série de vídeos curtinhos que contam um pouco da experiência do Eric no Mundial de Motovelocidade.

Tags: | Deixe um comentário

Ferramentas


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Um dia desses o Alex Briggs, um dos mecânicos da equipe do Valentino Rossi, contou que estava comprando as ferramentas que vai precisar para o segundo teste coletivo da MotoGP em Sepang.

Ele contou que na Yamaha, 99% das ferramentas eram da Beta, marca italiana que há mais de 40 anos fornece equipamentos para competições. Na Ducati, grande parte dos utensílios são da também italiana Usag.

Não que saber isso vá mudar os rumos da economia mundial, mas o que foi legal mesmo foi a foto que o Briggs postou. Ele disse que é sua ferramenta favorita.

Tags: | 2 Comentários