Um carro dominante

MAURO DE BIAS [@MaurodeBias]
de Bolonha 

Fernando Alonso disse que quer a Ferrari com um carro dominante na próxima temporada e que a equipe está trabalhando duro para isso. O espanhol esteve em visita a Maranello por quatro dias e viu somente a versão de túnel de vento do carro de 2012, mas está confiante de que vai ser possível fazer o mesmo que a Red Bull fez neste ano.

Bem, a Ferrari não tem uma tarefa fácil pela frente. A Red Bull tem Adrian Newey, muito dinheiro e é insanamente competitiva em todos os esportes em que está envolvida. É difícil prever outro ano de dominação completa como foi 2011, mas não seria nenhuma surpresa se os touros vermelhos repetissem o feito em 2012. Afinal, a própria Ferrari já esteve lá e sabe como é.

A minha torcida mesmo é que Red Bull, Ferrari e McLaren (quiçá Mercedes, mas só por milagre) se embolem na disputa pelo campeonato e por cada vitória. Um campeonato disputado até a última corrida, daqueles que se assiste à etapa final sentado na ponta do sofá, quase sem piscar.

Sebastian Vettel dominou de forma incontestável as duas últimas temporadas. Especialmente a deste ano. É um grande piloto e sem dúvida já escreveu seu nome na história da categoria. Há quem goste de ver domínio, mas o campeonato fica muito mais interessante mesmo é com bons pilotos disputando cada milésimo. Então, que venha a Ferrari com um bom carro. E também a Red Bull. E também a McLaren. Daí jogam todos na pista, eles batalham ferozmente e no final nós vemos quem sai vitorioso.

Tags: , , , ,

5 respostas para Um carro dominante

  1. Marcelo disse:

    “Aos críticos do jovem alemão”

    Vettel não pegou molesa, ele conquistou tudo trabalhando duro, desde a Toro Rosso e RBR, que já tinha Newey, mas essas equipes só começaram a vencer quando tiveram Vettel ao volante. No GP do JPN 07 o jovem alemão com a “nanica” Toro conseguiu largar em um ótimo 8º, na corrida ficou em 3º por um bom tempo, e chegou até a liderar a corrida por 3 voltas, tudo isso na CHUVA!!! Acabou sendo induzido ao erro e abandonando por culpa de Lewis que não respeitou a distância do safet-car. Vettel estava “colado” em Webber e não viu Lewis diminuir bruscamente a velocidade.

    Volta a volta do GP do Japão 2007:
    http://www.statsf1.com/en/2007/japon/tour-par-tour.aspx

    No GP seguinte na China, Vettel brilha novamente, larga em 17º chegando em um fantástico 4º lugar.

    Volta a volta do GP da China 2007:
    http://www.statsf1.com/en/2007/chine/tour-par-tour.aspx

    Os números mostram que os oito melhores resultados da história da Toro Rosso vieram com o alemão. Que 10 das 19 melhores posições de largada também vieram pelas mãos de Vettel.

    Em 08 ainda novato, mas em franca evolução, com a “nanica” Toro, fez pole e venceu de forma espetacular o GP de Monza na chuva, e sem depender de abandono dos rivais, o carro nesse dia era muito bom, mas Vettel fez o dele, não jogou a corrida fora, fez história vencendo em Monza, “casa” da Ferrari, com um carro não Ferrari, mas que usava motor Ferrari. Imagina a pressão em cima do jovem alemão? Só pra lembrar, Lewis já começou em equipe de ponta, nunca venceu com uma equipe inferior, fora que, já jogou um título fora em 2007, em 2008 ganhou um título “raspando” em cima de Massa que nunca foi campeão. Em 2010 Hamilton se envolve em dois acidentes(ITA/CIN), que praticamente o elimina da disputa do título, em 2011 faz um monte de besteiras…e Button só indo ao pódio:

    1) Hamilton fez besteira no GP da Malásia, Button foi ao pódio, 2º lugar!
    2) Hamilton fez besteira no GP de Mônaco, Button foi ao pódio, 3º lugar!
    3) Hamilton fez besteira no GP do Canadá, Button foi ao pódio, 1º lugar!
    4) Hamilton fez besteira no GP da Hungria, Button foi ao pódio, 1º lugar!
    5) Hamilton fez besteira no GP da Bélgica, Button foi ao pódio, 3º lugar!
    6) Hamilton fez besteira no GP de Cingapura, Button foi ao pódio, 2º lugar!

    É muita besteira, se for juntar Vettel não fez tudo isso nos dois últimos anos, que me lembre só jogou 2 corridas fora TUR e BEL(2010), mas na Turquia Webber também leva 50% de culpa, na BEL ok, Vettel errou e tirou Button da prova!!!!

    Em Monza Hamilton ficou 26 voltas tomando AULA atrás de Schumacher, Button ultrapassou os dois e foi ao pódio, 2º lugar!

    Desequilibrado psicológicamente, no GP do Japão Lewis fez uma corrida apática, Button foi ao pódio, 1º lugar! Button também fez corridas apáticas no ano: AUS/TUR e EUR, mas na Europa teve problemas no KERS, em seguida na ING e ALE Button não pontuou por erro da equipe(roda solta), e problemas hidráulicos.

    Detalhe, em várias corridas Lewis largou a frente de Button, e muitas vezes estava a frente quando cometeu erros, dizer que Hamilton não tinha carro bom em relação a Button, não procede, basta ver a batalha de GRID entre eles.

    Hamilton deve estar com muita saudade de Kovaleinen como companheiro de equipe, Button esta pilotando uma barbaridade, no seco e muito mais no molhado. Se o piloto não tiver cuca fresca pra pilotar, adeus talento, Lewis também ficou muito no oba-oba. Em certa corrida encheu o boxe da Mclaren de celebridades, R.Dennis botou todo mundo pra correr nesse dia. Mesmo assim quem é cobrado DURAMENTE por todos é o jovem alemão, isso porque começou lá de trás, sem oba-oba, sem jogar nada fora.

    “O Vettel precisa provar que vence com equipamento inferior?”

    E o Lewis que já pegou tudo mastigado desde 2007? Naquele ano quem acertava o carro era o espanhol…em 08 a Mclaren teve carro de ponta, cadê o título do Lewis vindo lá de trás como fez Vettel entre 07 e 2010? Em disputa direta Lewis até hoje não foi campeão batendo outro campeão…muito menos bicampeão!

    Em 09 Vettel vence 4 corridas e tira o vice de Rubinho, que até as 7 primeiras corridas tinha disparado o melhor carro do grid. Lembrando que Vettel foi o primeiro piloto a bater as duas Brawn’s, logo na 3º corrida do ano, GP da China na chuva!

    Percebeu algo? Vettel com pouca experiencia já era fera em piso molhado!!!

    Em 2010 o alemão em seu 3º ano completo, supera 4 fortes pilotos(3 campeões), na temporada se tornando campeão:

    1)Bateu Alonso, Bicampeão, considerado o melhor piloto do Grid.
    2)Bateu Lewis, Campeão e o mais arrojado piloto do Grid.
    3)Bateu Button, Campeão cada dia convencendo mais, 2011 ele foi espetacular.
    4)Bateu Webber, Companheiro que foi “osso” na equipe e na pista o ano todo.

    Em 2011 Vettel tira tudo do carro(sem jogar nenhuma corrida fora), domina a temporada como Schumacher fez em anos anteriores, a Formula 1 agora tem dois grandes Bicampeões, Alonso e Vettel! O espanhol é mais completo por estar mais tempo na F1, mas o alemão sem duvidas é o piloto do momento!!!

    Só pra lembrar, Senna em 88/89 também teve um super carro, mas vivia fazendo cagada na pista. Quando uma equipe domina a temporada, o piloto tem a OBRIGAÇÃO de, no mínimo chegar ao pódio, não foi isso que ocorreu em 89 com Senna. E em 88 se for observar, Prost na pista e nos resultados foi o melhor que o brasileiro, só não foi campeão porque o regulamento não permitiu, Senna foi campeão dependendo do regulamento de descartes, e correndo com um carro “pronto” desenvolvido pelo trio Prost-Murray-Nichols.

    Vettel pelo menos fez parte a evolução da Toro e RBR, Senna em 88/89 só sentou e pilotou, quem desenvolvia tudo no carro e dava estabilidade a Mclaren era o Prost e cia…

    Abaixo é para o Galvão, que acha o A.Senna uma obra-prima no volante! Galvão que adora destacar erros de pilotos de fora, mas sempre ABAFA as cagadas dos brasileiros…

    Em 89 Senna fez uma temporada medonha cheia de erros, isso com um carro que dominou uma época. Senna jogou fora várias corridas, muitas vezes até vitória. Digo na parte de controle do carro e corrida, muitas vezes liderando fácil a frente, Senna era muito afobado, além de pegar um carro “pronto” pra ser campeão, fez muita bobagem no volante.

    E não tem desculpa, em 88/89 Senna largou 13 vezes na pole, ou seja, carro tinha de sobra em treinos e corridas. E o Prost sempre na dele, na maioria das corrida vindo lá de trás como faz Button hoje, só esperando algo acontecer. Senna não colocou Prost no bolso(na pista) em 88/89 por causa do exesso de erros.

    Temporada de 1988:
    Senna, muito acelerador, pouco cérebro…

    MON-Senna era líder na corrida até cometer um erro bizarro e abandonar, administra a vitória meu filho…Prost agradeceu!

    MEX-Senna larga mal, essa vacilada faz Prost disparar e vencer fácil, o francês novamente agradeceu!

    FRA-Larga mal, mas recupera a posição na 1ºcurva, mas se atrapalha com retardatário no meio da prova, Prost chega e faz a melhor ultrapassagem do ano, dupla, em cima do brazuka e retardatário, o francês novamente deu risada da vacilada do brasileiro!

    ITA-Novamente larga mal, mas recupera a posição na 1º curva, e mais um erro bizarro de Senna, justo em Monza onde o que não falta é retão pra ultrapassar! Era líder, mas se “enrosca” com retardatário, fim de prova. Berger deu show na corrida e venceu, um dia histórico para os italianos.

    ESP-Outra vez larga mal, outra vacilada de Senna, Prost disparar e vencer fácil, na corrida Senna toma “sufoco” de Mansell, e Capelli com a “nanica” March.

    AUS-De novo larga mal, outra vacilada, Prost novamente disparar e vencer fácil, Senna já virava “freguês”! Berger chegou a dar show, passando as duas Mclarens, mas também vacilão, bateu com retardatário e abandonou.

    Senna largou mal nos GPs:MEX/CAN/FRA/BEL/ITA/ESP/JPN/AUS, se recuperou da má largada em algumas corridas, mas isso não elimina a largada ruim, o piloto era mesmo fraco de largada, fora a AFOBAÇÃO durante as corridas. Essas pixotadas o Galvão nunca se lembra, mas adora destacar erros de Lewis, Alonso, Vettel e cia…

    Largar mau em 8 de 16 corridas e cometer erros bizarros como MON e ITA, é muita coisa. Se for observar Prost, só era ruim de largada e corrida na chuva(o francês era péssimo em piso molhado, acreditem, até D.Hill era melhor), mas era raro ver o francês jogar resultado fora.

    Temporada de 1989:
    Senna, muito mais acelerador, muito menos cérebro…

    Senna faz uma temporada PATÉTICA, cheia de erros, uns piores que 88, ficou longe de justificar o título ganho em 88, que aliás, só conseguiu graças ao regulamento de descartes. Outro detalhe, Senna só chegou no JPN em 89 ainda com chances de ser campeão, novamente graças aos descartes.

    Sem isso, em 88 não seria campeão e em 89 estaria tomando surra do francês, em todo caso, Senna tomou AULA de regularidade do “professor”, no final é a mesma coisa…

    BRA- Senna larga mal, afobado quis recuperar a liderança na primeira curva brigando com Berger e Patrese, Senna acabou danificando o bico. O “herói” nacional tinha esse grave problema, era muito afobado. Tinha uma longa corrida a frente, passar Berger e Patrese era questão de tempo, Mansell e Prost deram risada.

    IMO- A prova teve duas largadas, Senna larga mal na segunda, e comete talvez seu maior erro na vida na F1. Quebra acordo com Prost o ultrapassando após as primeiras curvas(o acordo era quem fizesse a primeira curva a frente, não seria atacado na primeira volta, Senna jogou sujo e não respeitou o acordo). Era Prost quem desenvolvia os carros na Mclaren, Prost se incomodou com a velocidade de Senna, mas não criou confusão até esse GP de IMO, depois só foi guerra. Senna foi burro, venceu essa corrida, mas Prost deu o troco no Japão sendo campeão. Com Prost na equipe, os dois poderiam dominar por anos a F1, poderiam encarar as Williams em 92/93 e Benetton em 94/95. Quando Prost saiu da equipe, a Mclaren “desabou” de nível técnico, fora que Prost “vetou” Senna na Williams em 93, o egoísmo de Senna em IMO saiu caro…

    ING-Era líder, mas roda de bobeira e abandona na brita, Prost deu risada.

    HUN-Era líder, outra vez vacila com retardatário, dessa vez é Mansell que faz dupla ultrapassagem histórica(Senna+retardatário) e vence a prova.

    ITA-Largou na pole, era líder em uma corrida fácil, mas Senna eterno “pé pesado” só quis saber de acelerar, Prost estava muito atrás, sempre na dele, fazendo corrida de espera economizando equipamento. Senna com 20 seg a frente faltando 10 voltas só quis saber de acelerar. Motor não aguentou…Prost pelo jeito já imaginava, em Monza se forçar muito mesmo com carro superior, muitas vezes não chega a bandeirada.

    POR-Um erro inacreditável, mostrando que Senna muitas vezes não usava de sabedoria dos grandes campeões nas corridas. O brasileiro era segundo na prova, a frente de Prost, a posição era importantíssima para o campeonato. E o que Senna fez? Foi comprar briga com Mansell de bandeira preta, o inglês tinha jurado vingança em 87, Senna o teria jogado pra fora da pista em pelo menos em 3 corridas entre 85 e 87. Mansell só estava esperando uma boa oportunidade, a meta era estragar algum campeonato de Senna, e conseguiu em 89. Senna fecha a porta, e Mansell dessa vez deixa bater…até o Galvão criticou duramente Senna por essa atitude: “Senna não tinha que comprar briga com Mansell, Prost é quem sai favorecido”. E advinha quem chegou em segundo marcando 6 pontos?

    Foi nessa época que Prost cuctucou:

    “Senna é rápido, mas erra, e quando errar…estarei por perto”

    “Ele é muito bom de treino, mas no geral durante as corridas, nunca me impressionou”

    O francês, sempre contava com erros de Senna(e Mansell na pista), Piquet também se aproveitava disso.

    AUS-Prova teve 2 largadas, na 1º Senna larga mau, mas se recupera na 1º curva, era líder até a prova ser anulada. Na Segunda largada(Prost por opção, tinha desistido da corrida na segunda volta). Senna larga bem, era líder sem rivais, até novamente bater em retardatário, outra vitória jogada no lixo.

    Senna largou mal nos GPs:USA/BRA/JPN/AUS/IMO/MEX/ALE, como em 88, se recuperou da má largada em algumas corridas, mas isso novamente não elimina a largada ruim.

    E ainda o Galvão foi falar dos erros de Webber e Vettel nas largadas em 2010, barbaridade…e o que Senna fez em 88/89?

    Vettel em 2011 justificou porque foi campeão em 2010, fez uma temporada impecável no controle do carro, das corridas e tabela. Senna em 1989 não justificou o título em 88, mostrou que era um piloto muito rápido, mas também muito imaturo durante as provas, e já era a sexta temporada do brasileiro na F1, não devia errar tanto.

    Outro ponto a favor de Vettel, em 2010 não precisou de regulamento para ser campeão, e em 2011 não precisou jogar carro em cima de ninguém para ser Bicampeão. Até aqui, são dois títulos limpos sem trapaça como ocorreu com Prost 89, Senna em 90 e Schumacher 94.

    Senna era fera, mas longe de ser essa perfeição que muito falam(fora do carro era uma verdadeira mala sem alça, Senna tem uma longa lista de agressões fisícas na F1). Senna também teve muito marketing a favor(os outros campeões só tiveram marketing contra), a morte do piloto também ajudou colocar o piloto num patamar mais alto que realmente era. No geral Senna nunca foi um legítimo líder de equipe, um piloto capaz de pegar equipe em baixa e levar ao título, como ocorreu com: Lauda, Piquet, Prost, Schumacher, Alonso e Vettel…esses na pista foram velozes e não jogavam corrida fora, muito menos vitória. Fora que nunca dependeram de companheiro de equipe para acertar carro. Senna saiu da Lotus para correr no melhor carro da época, a Mclaren que vencia tudo, depois quando essa caiu de nível técnico, o que Senna fez? Novamente foi correr na melhor equipe da época, a Williams que dominava tudo em 92/93.

    “Ahhhhhhhhhhhhhhh mas Vettel ganha GRAÇAS ao Newey”

    Pois é pachecada, mas e os campeões do passado?

    Clark teve Chapman,63/65
    Gran Hill teve Chapman,68
    Jackie Stewart teve Derek Gardner, 69/71/73
    Rindt teve Chapman,70
    FITTIPALDI teve Chapman,72
    Lauda teve Mauro Forghieri em,75/76/77
    Andretti teve Chapman,78
    PIQUET teve Murray em,81/83
    Lauda teve Barnard em,84
    Prost teve Barnard em,85/86
    PIQUET teve Frank Dernie e P.Head em,87
    SENNA e Prost tiveram Murray-Nichols em,88/89(mas Senna não ajudou no desenvolvimento do carro)
    Mansell teve Newey em,92
    Prost teve Newey em,93
    Schumacher teve, Barnard, Brawn e Byrne.

    São vários os casos…D.Hill, Villeneuve, Hakkinen contaram com Newey, em 96/97/98/99. O que eu acho hilário, é que ninguém lembra desses detalhes, só vão lembrar HOJE que Vettel tem um grande projetista…

    Senna foi muito bom de marketing, o melhor de todos de “boca”, mas como piloto para liderar equipe e desenvolver carro não era completo, e na pista errava uma barbaridade…

    Se o Senna era tão bom, porque não ficou na Lotus e desenvolveu o carro até o título? Porque não ficou na Mclaren em 94/95/96? Em 93 Senna venceu 5 corridas, não tinha motivo para ir para a Williams, bastava trabalhar no carro…pela segunda vez na carreira preferiu correr no carro que ganhava tudo, aí é meio caminho andado até os recordes e títulos…molesa.

    Todas poles de Vettel foi na raça trabalhando no carro, o alemão não teve “ajudinha” de motorzinho especial de treino com 100 cv a mais que os rivais, Senna fez 15 poles em 85/86 graças a isso, sem esse motor especial Senna só fez uma pole em 87…

    Quanto ao Alonso e Ferrari, o espanhol já fez como Schumacher(Benetton e depois Ferrari), na Renault começou lá trás chegando ao bicampeonato, questão de tempo para ser tri na equipe italiana. Título na Ferrari não é fácil de conseguir, Kimi foi campeão em 07 porque Schumacher “levantou” a equipe em 06. Alonso já pegou a Ferrari estabilizada, sem crises, mas ele é um dos poucos no grid que tem condições de fazer a Ferrari ser campeã novamente. Schumacher já mostrou como se faz, na Ferrari tudo tem que ser na base da mão de ferro, isso o espanhol sabe fazer.

  2. Renato F1 disse:

    Tomara que essa porcaria de “equipe” Se Ferrari se ferrari na construção de um novo carro. Quero ver essa patota no fundo do grid em 2012!!!

  3. Marcão disse:

    Se a maquete do carro ainda está no túnel de vento é cedo demais pra dizer que será um bom carro!!
    Na grande época da Ferrari os carros para o ano seguinte já estavam em teste de bancada no segundo semestre do ano corrente.
    É assim que fazem as grandes equipes, Red Bul, MacLarem e etc… A Willians na época boa também fazia isso..
    Mudaram os parametros depois da Brawm e das regras de proibição de testes…
    A Ferrari precisa sim de bons pilotos , acertadores e desenvolvedores de carros, além de engeinheiros competentes ou na pior da hipóteses ter um programa que o faça…
    Hoje parece não ter nenhum piloto pra isso, a engenharia de desenvolvimento de projetos está defasada, e os programas são antiguados..
    Temos hoje dois campeonatos, um de palavras soltas e promessas e outro da realidade, no primeiro o Alonchorão é mesmo um campeão, na segunda fica devendo…
    É muita conversa pra pouca coisa certa e muita coisa errada…
    O Felipe que faça um bom campeonato esse ano, que prove que só não é melhor por não ter um bom carro. E procure uma outra equipe pra 2013 se ainda quizer ficar na F-1….
    A RBR vai continuar á dominar as pistas, a McLaren deve oficializar o Button como primeira opção, pois é mesmo melhor que o Hamilton….
    A mercedes com o tiozão e “o” britney fica devendo de novo, apesar de já ter evoluido e muito esse carro, motor tem já provaram só falta mesmo é carro….
    Essa é a coisa díficil mesmo pra todas as equipes, acertar no projeto..
    Êêêê!!!
    Contar com o fator sorte numa temporada que promete ser muito longa!!
    E importante também dizer que hoje a F-1 não oferece mais aquelas emoções de antes, essas hoje estão reservadas mesmo pra campeonatos de endurence..
    Sabidamente melhores que a F-1 atual que está igual ao nosso país, vivendo de historia e passado apenas….

  4. Marcos Almeida disse:

    Mauro de Bias, quando o Rubinho vai ganhar uma?

  5. Andre disse:

    So comentar q o Vettel nao dominou as duas ultimas temporadas…a de 2010 ele so’ liderou o campeonato na ultima corrida, apenas da Red Bull, no meu ponto de vista, ter sido o melhor carro do ano ate’ com certa folga as vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.