Montoya, 36


Warning: preg_match() [function.preg-match]: Compilation failed: unrecognized character after (?< at offset 10 in /home/httpd/vhosts/warmup.com.br/subdomains/bloggp/httpdocs/wp-includes/class-wp-block-parser.php on line 418

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Um dos principais expoentes do automobilismo latino-americano na última década, Juan Pablo Montoya completa nesta terça-feira (20) 36 anos de idade. O colombiano foi destaque por onde passou, seja na extinta F3000, na Indy, quando foi campeão pela Ganassi em 1999, levou a histórica edição das 500 Milhas de Indianápolis, em 2000, e depois, na F1. Na categoria máxima do esporte a motor, ‘El Gordito’ não chegou a ser campeão, mas foi o único que peitou Michael Schumacher e o encarou de igual para igual, mesmo em seu primeiro ano na Williams.

Montoya poderia ter sido campeão, tinha potencial para isso, mas esbarrou na supremacia incontestável de Schumacher e da Ferrari. Fosse Juan pilotando o outro carro de Maranello, eu arrisco dizer que a história seria diferente. O colombiano não era de aliviar o pé e jamais abriria passagem para Michael vencer uma corrida, como aconteceu várias vezes como Rubens Barrichello. Mas quis o destino que Montoya fosse para a Williams e tivesse como companheiro o irmão de Schumacher, Ralf, sumariamente batido por Juan.

Em 2004, o piloto foi responsável pela última vitória da Williams na F1. Juan Pablo cruzou a linha de chegada do GP do Brasil na ponta (veja o vídeo abaixo), e desde então, jamais outro carro FW alcançou tal primazia, o que, pelo andar da carruagem e com a equipe em decadência, é bem provável que tal momento não volte mais a se repetir. Uma pena para um time com a história que tem a Williams.

De saída de Grove, Montoya rumou para a McLaren em 2005. Tudo indicava que seria mesmo uma fase vitoriosa, e até foi. O colombiano venceu mais três vezes naquele ano, sendo a última de todas novamente no Brasil. Mas o fato é que o cara estava mesmo é de saco cheio da F1 e de Ron Dennis, tanto que em 2006, Juan Pablo se cansou de tudo e voltou para a América para ser feliz na Nascar, onde poderia comer à vontade no Burger King sem ter medo de entalar dentro do carro.

Hoje Juan ainda persegue a primeira vitória no oval pela Nascar, já ganhou algumas corridas no misto. Ele conseguiu se adaptar bem ao meio de bastante cobrança e concorrência, e na pista, alterna boas corridas com algumas que beiram o pífio. Mas se Montoya está feliz por lá, é o que vale.

Acho que faz falta para a F1 ter um cara como Montoya. Um cara que venceu em templos do automobilismo como Mônaco e Monza. Um cara não-convencional, que não tem medo de cara feia, que não tem medo de dizer o que pensa e que não se intimida com os adversários. Nesses quesitos, acho que Lewis Hamilton, que é outro craque, é o piloto que melhor encarna o espírito do colombiano na categoria máxima do automobilismo mundial.

Tags: , , , , , , ,

29 respostas para Montoya, 36

  1. André André disse:

    Muito bom! Montoya foi mesmo um cara legal para a F1. Só não gostei quando ele deu cabeçada em uma câmera de TV. Ele gritou e com o cameraman e tratou o cara como um lixo. Depois daí torci para ele quebrar uma perna na pista.

  2. Luciano Barbosa disse:

    O estilo “win or wall” dele é tão empolgante até hoje, foi do que todos os pilotos brasileiros pós-Senna que passaram pela F1. A história dele seria diferente se tivesse faturado o título de 2003.

  3. Junior disse:

    Esse cara faz muita falta na F1, torço por ele desde os tempos na Indy, espero que ainda possa ser campeão na NASCAR.

  4. Helenilson disse:

    Lembro de uma vez que ele deu uma fechada no Schumacher, não lembro que pista, só sei que ele não aliviou e para não bater em um muro o Michael tirou o pé… não me lembro a corrida mas foi uma cena emocionante… Gostaria de reve-la…

  5. rafael bubolz disse:

    Sem dúvida alguma um piloto completo, Juan Pablo era a única esperança de uma F1 atraente desde 2001, e sempre com uma carro inferior, carro não, um motor inferior pois vi aqueles BMW’s deixarem ele na mão no minimo umas 300 vezes o os FW’s eram bons mas o coração não ajudava, batia tão forte que por horas o deixava na mão, com a constancia de Michael e seu cavalo rampante Montoya não teve chance, embora por muitos domingos, foi o motivo de vários de nós continuarmos a ver a F1. Bons tempos!

  6. Leister disse:

    faz falta, mas ter um companheiro feito o ralf schumacher ajudando o irmão não dá, só não foi campeão em 2003 por ter feito o começo de temporada sem cabeça. Se dividisse ferrari ele dividiria o schumacher e a equipe no meio, no fim achoque foi mais culpa da willians do que da bmw
    e o ron denis ninguém aguenta, uns não ligam mas quem ligar quer matar ele, hehhe. Mas ele tem virtudes não pede pra piloto dar passagem

  7. Alesi disse:

    Vc disse q Ralf era sumariamente batido por Juan, isso naum eh verdade, Ralf sempre andou no mesmo ritmo e ateh ganhou mais corrida q o Montoya no tempo q eles andaram juntos.

  8. André disse:

    Montoya tinha o carro campeão em 2003 e não conseguiu o título. É um pouco forçado dizer que ele foi o único a enfrentar o Schumacher de igual pra igual. Não era páreo para o Schumi.

  9. Ander F-! disse:

    Realmente o Montoya faz falta, tinha muito talento era rápido e peitava o plioto que todos tinham medo. Muito bom de lembrar a esposa dele que além de linda é muito simpática e fez com que ele pedisse desculpas no caso do câmera. Tbm vale lembrar o qnto ele tinha torcida qndo corria aki no Brasil.

  10. Joao Pedro disse:

    e o Hakkinen não enfrentou o Schumacher de igual pra igual? até ganhando dois titulos em cima do alemão?

    • Fernando Silva disse:

      Sim, João Pedro, o Hakkinen era osso duro de roer, mesmo. Mas o auge do Mika (98 e 99) foi antes do Juan estrear. Na geração do Montoya, acho mesmo que só ele, e depois, o Alonso.

  11. Gabriel Souza disse:

    Esse realmente faz falta. Um dos poucos que tinha “colhão” para fazer isso: http://www.youtube.com/watch?v=giZu7-A2yS0&feature=related

    Uma pena ele não ter sido campeão na F1. Dava gosto vê-lo na pista.

    Abraço!

  12. Jáder, O Pitoresco disse:

    O Montoya é tipo um Alonso sem ser FDP.

  13. luis fernando-rj disse:

    eu era fã do montoya tinha um estilo aguerrido mais faltou um carro decente,e enquanto isso a tartaruga do barrichelo segue na pista

  14. EDSON CASTRO disse:

    MUITO MELHOR QUE ESSES BUNDOES QUE SO CORREM POR DINHEIRO DIGO MASSA E BARRICHA

  15. Alaor Jr. disse:

    Entre 2001 e 2004 o Montoya foi praticamente a unica esperança de alguma emoção nas pistas de F-1. Dele sempre se esperou alguma coisa diferente, algum lance ousado, e acho que nesse sentido ele sempre correspondeu.
    Quanto a ganhar um titulo ate hj nao me esqueço do GP dos EUA em 2003 quando a Wiliams cansou de fazer cagada e a direção de prova nao puniu o Schumi por ultrapassar o Panis em bandeira amarela. Mas a perda talvez tenha se dado no GP anterior na Italia aonde ele perdeu a pole nos milesimos de segundo e mesmo brigando muito nao conseguiu ultrapassar o Schumi na largada.
    Do cara na Nascar nao posso julga-lo por nao achar que nao tem um bom equipamento (a Ganassi praticamente concentra todas as suas atençoes na IRL. Queria ve-lo na Hendrick, na Joe Gibs pra poder dizer alguma coisa.
    Lembro que durante os treinos pro GP Brasil de 2002 o que mais ouvia da galera na arquibancada era que o pai do Montoya devia te-lo trazido pra nascer aqui…rs

    abraços

  16. Lucius disse:

    O ano dele seria 2003. Se não estou enganado foi quem mais pontuou na segunda metade do campeonato. Mas não foi esse ano que teve o problema da antecipação da parada do Ralf e ele brigou com a equipe? Em 2003 o Kimi também foi bem, perdendo por dois pontos o campeonato, graças ao Barrica que ganhou no Japão.

  17. Victor disse:

    Verdade é que tomou um vareio do Raikkonen nos dois anos de McLaren que não achou a direção até hoje…

  18. Alexandre Kacelnik disse:

    Post de rara felicidade. Montoya foi execrado pela mídia brasileira – lacaia do Bernie Ecclestone e sua turma – quando chegou à F1 só porque vinha da Indy, Cart, Champ Car, chame como quiser. Antes de peitar o Schumacher, ele peitou o Michael Andretti na Cart, e peitou nos ovais, Homestead e Motregi, a ponto de o Andretti dar piti no briefing exigindo providencias. Nunca foi submisso, nunca foi bundão.

  19. Cristiano disse:

    sobre o Lewis Hamilton eu nao concordo pois ele vem demonstrando que é o que é pois é protegido pela FIA e maclaren e sobre o Montoya acho que desistiu por causa do shumacher na williams que não aceitava a equipe ter achado mais potencial no colombiano e no shumacher da ferrari que tinha todo sistema, nao o esporte, mas todo o sistema voltado para ele desde o melhor carro até pilotos que sabiam que poderiam acabar como o irvaine.

  20. Adriano disse:

    Era fraco, o Kimi botou ele no bolso na McLaren.

  21. Rangel disse:

    Interessante pensarem que o Montoya não foi campeão por causa do Schumi. Ele tomou maior surra do KIMI. Ele foi igual ao Alesi: só porque ganhou uma curva em cima do Senna, pensaram que poderia dar em alguma coisa.

  22. Nando Sato disse:

    Se o Gorducho fosse tão bom estava lá até hoje como o Schumi e o Barrica. Se é assim todos que correram na era Schumi/Ferrari estão perdoados! Brasileiro é assim: Prefere puxar o saco de colombiano, do que valorizar os pilotos da casa!

  23. Batista Lara disse:

    Tenho a mesma opinião que vc e incluiria outro nome que peitaria MS se tivesse carro à altura. Jacques Villeneuve…

  24. emerson57 disse:

    azar de çerra foi ter sido contemporâneo de lula. kkkkkkkkkkkkkk

  25. roxxon valdez disse:

    montoya um sono fracasso, a maior parte do tempo uma decepção. não teve foi peito nem categoria para firmar na f-1.

  26. Scooby disse:

    O Barrichello tirou o pé em uma única corrida, mas este fato, por sí só, faz com que jornaleiros, sim, jornaleiros, tentem fazer o povo acreditrar que o Schumahcer só é o que é por causa da Ferrari!!!! É triste….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.